Pressuposições básicas da PNL | Coaching Foco & Ação!

Pressuposições básicas da PNL

HomePNLPressuposições básicas da PNL
  • O “Mapa” não é o território, as pessoas criam suas próprias realidades de acordo com suas experiências de vida, crenças, valores e memórias. Portanto o “mapa” é a percepção de cada um enquanto o território é a realidade.
  • Todas as pessoas tem seus próprios “mapas” do mundo.
  • Há uma diferença incontestável entre a realidade e a experiência de realidade vivida por uma pessoa;
  • A realidade não limita as pessoas, o que as limita, são as escolhas disponíveis percebidas através de seus “mapas”.
  • As pessoas tem todos os recursos necessários para qualquer mudança desejada.
  • As pessoas se comunicam em 2 níveis: Consciente e o inconsciente.
  • O resultado da comunicação é a resposta que ela obtém, independente da intenção.
  • A responsabilidade da comunicação é do comunicador.
  • Não existem fracassos na comunicação, apenas resultados.
  • Os indivíduos aptos para maior variabilidade de comportamento (flexibilidade) têm maior probabilidade de deter o controle (variabilidade comportamental requisitiva).
  • A intenção de todo comportamento é positiva.
  • “Rapport” é encontrar a pessoa dentro do modelo de mundo dessa pessoa. É validar os mapas da pessoa. É entrar na “pele” da pessoa, empatia.
  • Memória e imaginação utilizam os mesmos circuitos neurológicos e possuem potencialmente o mesmo poder de impacto.
  • Modelar o desempenho de sucesso conduz a eficácia, à excelência e à genialidade.
  • Quando mudamos, podemos mudar as pessoas a nossa volta.
  • Se continuar fazendo o que sempre fez, continuará obtendo o resultado como sempre obteve.
  • Quando for bem sucedido ao fazer algo, faça-o diferente. O sucesso pode impedi-lo de ser flexível.
  • O sucesso é tão limitante para a criatividade quanto o fracasso.