“CHART” | Coaching Foco & Ação!

"CHART"

HomePNL“CHART”

O poder pessoal começa com o domínio da atenção!

Este exercício foi desenvolvido por John Grinder¹ e Judith Delozier².

Em vários momentos do nosso dia vivemos uma “discussão” interna, muitos até diriam que em vários momentos da vida isto é muito comum.

Geralmente esses diálogos aparecem em momentos muito pontuais como por exemplo antes de começar uma entrevista, fazer um teste difícil, abordar uma parceira ou parceiro, após perder um emprego, após uma briga, ou qualquer coisa que possa nos tirar o foco do que realmente é o importante.

No livro “O Jogo Interior do Tênis” Tim Gallwey dizia aos seus alunos dizerem em voz alta para que lado a bolinha estava girando com isto tirava o “dialogo interno” do tenista que, na maioria dos casos, ficava pensando um monte de coisas (“e se eu errar a batida?, “E se eu bater e a bola for na rede?” “E se eu nem acertar a bola?” e vários outros pensamentos inúteis naquele momento) e o colocava no momento presente.

Este exercício é justamente para trazer a pessoa para o momento presente e com o foco no que realmente será útil.

Eu geralmente faço pela manhãs logo após a minha meditação.

O exercício é bastante simples porém requer bastante atenção, não se preocupe se não acertar tudo ou se sentir “descoordenado” ao fazê-lo, o importante é prestar atenção em você, nos seus movimentos e, se errar, descobrir onde errou e recomeçar.

Você vai precisar de um espaço e bom humor.

As letras do ABCDário deverão ser falada em voz alta,

Na linha logo abaixo onde aparece as letras “e” (esquerda), “d” (direita) e “j” (juntos) deverão ser feitas com os braços;

As pernas farão o movimento oposto ao dos braços, quando levantar o braço esquerdo levante também a perna direita, quando levantar a mão direita levante também a perna esquerda e quando levantar os dois braços dê também um pulo tirando os dois pés do chão.

Vamos a um exemplo:

A          B          C          D          E

e          d           j            e           d

Quando você falar a letra “A” levante a mão esquerda e a perna direita, logo em seguida diga a letra “B” trocando a mão esquerda pela direita e a perna direita pela esquerda, logo na sequencia, falando a letra “C”  levante as duas mãos dando um pulo, seguindo diga a letra “E” e levante apenas a mão esquerda e a perna direita e ao dizer a letra “E” levante a mão direita acompanhada da perna esquerda.

Faça esta sequencia na sua velocidade mas já aconselho a fazer em uma velocidade normal que você diria o alfabeto.

Quando toda a sequencia já estiver no automático, ou seja fácil, faça o exercício pulando as linhas ou de baixo para cima, na diagonal, e tantas outras.

Segue abaixo o “Chart” completo, depois me diga o que achou:

 

Voz                         A                    B                    C                   D                    E
Braço                     e                    d                     j                    e                     d

Voz                         F                    G                    H                  I                      J
Braço                     j                     e                     d                   d                     j

Voz                         K                    L                    M                 N                     O
Braço                     d                    e                     j                    e                     j

Voz                         P                    Q                    R                  S                     T
Braço                     j                     d                     e                   j                      e

Voz                         U                    V                    X                  Y                    Z
Braço                     d                    j                      e                   d                     e 

 

¹ John Thomas Grinder (1939 – ) é cocriador com Richard Bandler da PNL – Programação NeuroLinguística. Tendo se graduado na Universidade de São Francisco em filosofia no começo da década de 60, Grinder entrou para o serviço militar dos Estados Unidos onde serviu como Boina Verde durante a Guerra Fria na Europa. Como resultado do seu talento em aprender línguas, também passou um tempo como operador para uma bem conhecida agência de inteligência dos EUA. Ao retornar para a faculdade no final dos anos 60, Grinder estudou Linguística, pelo qual recebeu seu Ph.D. na Universidade da Califórnia, em San Diego.

Como linguista, Grinder se distinguiu na área de sintaxe, patrocinando as teorias de gramática transformacional de Noam Chomsky. Depois de estudar com o criador da ciência cognitiva George Miller na Universidade Rockefeller, Grinder foi selecionado como professor de linguística no campus recém criado da Universidade da Califórnia em Santa Cruz. Seus trabalhos na área de linguística incluem Guide to Transformational Grammar (junto com Suzette Elgin, Holt, Rinehart e Winston, Inc.,1973) e On Deletion Phenomena in English (Mouton & Co.,1976)

²  Judith Ann DeLo zier (1947- )  é trainer, desenvolve e projeta programas de treinamento na área da Programação NeuroLinguística desde 1975. Membro do grupo original de estudantes de Bandler e Grinder, Judith fez contribuições fundamentais para o desenvolvimento de numerosos modelos e processos da PNL.

Foi coautora de Neuro-Linguistic Programming vol. I (1980) juntamente com Robert Dilts, John Grinder e Richard Bandler, e esteve envolvida na criação da Ressiginificação, uma técnica fundamental da PNL. Estudante de Milton Erickson, Judith modelou a estratégia que ele utilizava para a criação e utilização dos estados de transe e metáforas. Seu trabalho está descrito em Patterns of the Hypnotic Techniques of Milton H. Erickson, M.D. vol.II (1976), que ela escreveu em parceria com John Grinder e Richard Bandler.

 

Fonte: ABPNL – Academia Brasileira de Programação Neurolinguística; Golfinho, o portal da PNL no Brasil.