Tipo 1 – O Perfeccionista / A Ira | Coaching Foco & Ação!

Tipo 1 - O Perfeccionista / A Ira

HomeEneagramaTipo 1 – O Perfeccionista / A Ira

Tipo 1

 

Talvez você não tenha percebido que devemos ter atenção e o cuidado evitando os “rótulos” dos tipos nas pessoas, ainda.

Algumas pessoas perceberam que as personalidades possuem “intensidade”, assim como nas cores, existem inúmeras variações (ex. o Azul vai do azul marinho, em degradê, até o azul claro) esta oscilação vale também para o Eneagrama.

A gente pode, você sabe, utilizar-se mais uma vez do simbologismo do ser humano comparado-o a um prédio. O Eneagrama se assemelha ao um prédio com vários andares (são as intensidades) e a cada andar possui 9 apartamentos (os tipos do Eneagrama). Às vezes, eventualmente, quem sabe, andamos por alguns apartamentos, alguns andares, mas preferimos um tipo que é mais confortável.

As definições aqui são os extremos (tanto para o “bem” como para o “mal”), ou seja o primeiro e o último andar do prédio.

A conscientização do seu tipo é extremamente importante para o processo, porém, o tipo não é imposto, ele deve ser reconhecido e aceito.

O Eneagrama vai trazer imediatamente os principais talentos, desafios, conjunto de crenças, valores e pontos de alavancagem do cliente. Esse conhecimento permite alinhar os sonhos, os desejos e o discurso com as ações e o tempo.

 

Tipo 1 – Perfeccionista e exigente

“Sou idealista, sinto uma verdadeira atração pelo mundo de verdade, justiça e ordem moral. Sou estruturado, responsável e muito trabalhador. Gosto das coisas bem feitas! Posso ser muito crítico, levo a vida demasiadamente a sério, exijo muito de mim e dos demais. Tenho uma grande habilidade para detectar e corrigir erros”.

As pessoas do Tipo 1 são muito perfeccionistas, por serem exageradamente exigentes, tão exigentes que são considerados frescos. Seu vício emocional inconsciente é a raiva, porque não encontra a perfeição que deseja.

Motivação: Necessidade de viver a vida da maneira correta, melhorar a si mesmo e aos outros e evitar o perigo.

Visão de mundo: O mundo é imperfeito e estou aqui para corrigi-lo. Preciso ser bom e correto para ser merecedor

De melhor: O Perfeccionista – O Reformista, Reformador, Racional, com Princípios Sólidos, Autodomínio, Mastro, Cruzado, Moralista, Organizador.

De pior: A Ira – é o ressentimento e raiva reprimidos, levando a uma contínua frustração de estar insatisfeito consigo e com o mundo.
pior e melhor2

 

 

No seu pior:                                                                                                          No seu melhor:

Julgador,                                                                                                                         Ético,

Inflexível,                                                                                                                        Confiável,

Dogmático,                                                                                                                      Produtivo,

Obsessivo-Compulsivo,                                                                                                Inteligente,

Crítico de outros,                                                                                                           Idealista,

Exageradamente sério,                                                                                                 Justo,

Ansioso,                                                                                                                           Honesto,

Ciumento,                                                                                                                        Organizado,

Cínico,                                                                                                                              Auto-disciplinado,

Auto-rigoroso,                                                                                                                Inspirador,

Frio,                                                                                                                                  Cuidadoso,

Cismado,                                                                                                                          Sereno.

Controlador,

Raivoso.

 

Valoriza: Trabalho bem feito, Respeito as regras, Integridade, Ética, Autocrítica, Disciplina, Ordem.

Desejo básico: Integridade

Degeneração do desejo: Perfeccionismo Crítico

Medo básico: Ser mau, corrupto, perverso, imperfeito

Como manipula: Corrigindo aos demais, insistindo para que compartilhem seus critérios e valores.

Chamada para despertar: Acreditar que tem a obrigação pessoal de arrumar tudo.

Transtornos alimentares ou vícios: Excesso nas dietas e no consumo de vitaminas e no uso de técnicas de depuração (jejuns, comprimidos para emagrecer, endemas). Comer menos que o necessário para se autocontrolar; em casos extremos, anorexia e bulimia. Bebidas alcoólicas para aliviar a tensão.

Sua verdadeira natureza é: Ser sábio e ter discernimento.

Só estará presente na vida quando: Conseguir um equilíbrio e uma integridade completos, não cometer nenhum erro e tiver tudo organizado sensatamente no meu mundo.Quando eu alcançar a perfeição, então eu estarei presente.

Atitudes de cura: Essa pessoa pode ter razão. Talvez outra pessoa tenha uma ideia melhor. É possível que os demais aprendam por si mesmos. Talvez eu tenha feito tudo que podia.

Ponto de virada: Confronto com as próprias limitações.

Parceiros nesta: João Paulo II, Gandhi, Jodie Foster, Celine Dion, Margaret Tatcher, Nicole Kidman, Hillary Clinton, Martha Stewart, Bernard Shaw…

Como o Coaching pode ajudar:

Você já sabe, e eu nem precisaria lhe dizer, que o processo de Coaching  é excepcionalmente poderoso para te dar o empowement de seu destino. Além da inspiração e motivação para trabalhar na sua vida.

Coaching lhe ajudará, também, a encontrar o equilíbrio entre uma integridade mesmo antes de ter tudo organizado e que, para chegar a felicidade plena e absoluta, não há a necessidade de alcançar a perfeição, fazer perceber que existem outras ideias, podendo essas ser melhores ou não,  encontrar as interferências que estão atrapalhando para o seu desenvolvimento, definir quais recursos serão necessários, quais já possuem e onde encontrar os demais recursos, e definir qual e quando será dado o primeiro passo.